Notícias do clube

2º Torneio de TRUCO do PTC Sócios 2013

Inscrições Limitadas até 32 Duplas, na secretaria do clube até dia 08/Dezembro/2013.

Valor: R$ 30,00 a dupla com direito a almoço.

Torneio: Dia 15/12/2013 Domingo 8:30 horas.

Premiação: 1º lugar =10 dz. cerveja lata + Troféu
2º lugar = 05 dz. cerveja lata + Troféu

Repescagem: 1º lugar = 4 dz. cerveja lata + Troféu
2º lugar = 2 dz. cerveja lata + Troféu

Organize sua dupla e inscreva-se.
Informações: Leozyn, Nei (Diretores de esportes) e na secretaria do clube.

 

 

2º Torneio de Truco do PTC – 2013

15/12/2013 (Domingo)

 

Credenciamento e confirmação das duplas 08:00 as 08:30 horas.

Sorteio e início: 08:30 horas. (Tolerância 30 minutos – sujeito a eliminação)

Após o sorteio a dupla poderá mudar apenas um integrante. Após jogada uma mão, nenhuma dupla poderá alterar integrante.

O Torneio será eliminatório e as duplas perdedoras na 1ª rodada participaram automaticamente da repescagem.

 

Regulamento

 

Forma de disputa:

As partidas serão disputadas da primeira fase até a final em melhor de três quedas.

 

1- O Baralho
a) A organização fornecer (caso necessário) um baralho novo, em cada fase da competição.
b) O jogo ser disputado com o baralho sujo, isto, com as cartas 4, 5, 6 e 7, além das figuras, A, 2, 3 e manilhas:

 

c) A critério do fiscal da mesa ou do coordenador, o baralho poder ser trocado a qualquer momento da partida.
d) O jogo se dá com baralho fechado.

e) Manilhas: 
Não tem “vira”, e as manilhas são sempre as mesmas:
Da mais forte para a mais fraca:
4 de Paus / 7 de Copas / A de Espadas/ 7 de Ouros
Note que, na regra mineira, não tem “vira”, e as manilhas ser as mesmas.

 

2- Ato de dar Cartas e do Corte
a) As cartas devem ser dadas pela direita e o baralho cortado pelo jogador da esquerda, e s podem ser dadas de três em três.
b) proibido destinar cartas ao adversário.
c) proibido retirar, separar, catar, desfiar cartas do baralho aleatoriamente.
d) Os atos de embaralhar e de cortar devem ser feitos sobre a mesa, vista de todos, ficando
proibido o corte com o baralho nas mãos. O corte tem que ser feito com o baralho rente superfície da mesa.

e) Se quem cortar não mandar subir ou descer, fica entendido que o ato de dar as cartas se iniciar por cima (descer).
f) Ser permitido dar cartas repetidamente, enquanto não houver reclames, ANTES DE INICIADA A DISTRIBUIÇÃO. Distribuídas as três primeiras cartas, nenhuma reclamação ser cabível.

g) Se no ato de dar cartas alguma cair virada, o adversário poder optar por ficar com ela ou pedir outra. Se a carta virada for destinada ao próprio parceiro, ao próprio pé, nada acontecerá, ficando eles obrigados a ficar com ela, mesmo vista.
h) O adversário do pé que receber quantidade diferente de três cartas poderá trucar NA SUA PRIMEIRA HORA DE JOGAR, ANTES DE LANÇAR CARTA MESA. Se o truco for aceito, o baralho será passado adiante mostrando e denunciando imediatamente o fato de estar com número errado de cartas. Se o adversário, ao invés de simplesmente aceitar o truco, botar seis, não ganhará nada. mesmo que esteja de casal. O baralho ser passado adiante. Obs.: Se o Pé, antes de aceitar o TRUCO, perguntar com quantas cartas o adversário está não perder tentos, apenas passando o baralho adiante.
i) Se o pé der para si mesmo, ou para seu parceiro, mais ou menos de 3 cartas, perder 1 tento.
j) O Pé NÃO TEM O DIREITO DE OLHAR O FUNDO DO BARALHO.
k) No permitido a ninguém trocar as cartas que sobraram. Elas devem ser colocadas na frente do jogador que for dar a próxima mão.

l) Carta jogada não poder ser recolhida nem trocada, mesmo quando fora de hora. A carta só é considerada jogada depois de solta pelo jogador.

m) Não é permitido marcar cartas. Caso isso aconteça, a dupla adversária dever comunicar o fato ao fiscal do jogo. O fiscal do jogo, percebendo marcação de cartas, pode trocar o baralho imediatamente, com autorização do coordenador. Persistindo no erro, a dupla poder ser advertida com cartão amarelo ou receber cartão vermelho – saindo vencedora a dupla adversária.
n) Não haverá descarte encoberto, todas as cartas deverão ser viradas na mesa, independentemente se a mão já tiver feita.

o) Quem corta pode:
– mandar queimar, descer ou subir;
– mandar simplesmente descer ou subir, não cortando.
p) Quem corta está proibido de olhar o fundo e a carta de cobertura e ficar com a rapa(saracura), caso isso aconteça, o pé terá direito de embaralhar novamente.
q) O mão pode:
– mandar queimar até nove cartas, sendo as seis ultimas encobertas;
– mandar destinar ao parceiro as cartas a si destinadas e receber as próximas.
– só ser possível ao mão destinar ao parceiro suas cartas se ele não queimou mais de seis cartas.

3- Ato de Trucar
a) Para ser válido, o truco dever ser dito claramente, em alto e bom som. Se no for dita a palavra TRUCO, acompanhada ou não de adjetivos, não houve TRUCO, pode ter havido um truque…
b) PARA SE ENTENDER ACEITO O TRUCO, DEVE-SE DIZER UMA DESTAS PALAVRAS: JOGA, ACEITO, MATA, BATE, CAI, VEM OU VENHA.
c) O “vale seis” e o “vale nove” deverão também ser ditos de forma positiva, sem levantar dúvidas, pois uma vez ditos, são irreversíveis.
d) permitido bater na mesa, gritar, cantar versos, fazer gestos e outras coisas para intimidar o adversário no ato de TRUCAR. Mas terminantemente proibido levantar a mesa, subir na mesa, atingir fisicamente o adversário, por mais levemente que seja, até num gesto de falso carinho e danificar qualquer objeto
e/ou instalação do estabelecimento.

4- Empate
a) Empatada a 1 vaza, o Mão, o primeiro a mostrar suas cartas. As duas cartas restantes deverão ser baixadas uma sobre a outra, de forma que a primeira oculte a segunda. A carta que decidir o empate ser a de cima, que poder ou não ser a maior das duas. Caso o empate persista, a carta de baixo ser exibida e passar a decidir a vaza.
b) Em Mão de Onze, obrigatório que a maior carta esteja por cima. Se algum jogador não mostrar sua maior carta, esta perder seu valor, ficando nula.

5- A Mão de Onze.
a) proibido:
– A quem vai cortar, e a quem está dando as cartas, olhar o fundo e a carta de cima.
– Trucar.
– Queimar cartas, mesmo encoberta.
– Passar as primeiras cartas ao parceiro.
-FICAR OU “MORAR”.
Em quaisquer dos casos acima, a dupla infratora perder 1 tentos.
b) Se o pé der para si mesmo, ou para seu parceiro, mais ou menos de 3 cartas, na mão de Onze, perde 1 tento.
c) permitida a consulta entre os parceiros, podendo inclusive ver as cartas um do outro.
d) Jogada a carta na mesa por um dos parceiros que está em mão de Onze, a mão ter que ser corrida, inapelavelmente.
e) permitido serrar baralho e o corte de gaveta.

6- Contagem de Pontos
a) A contagem de pontos ser feita da seguinte maneira: cada tento vale a saber:
Queda……………………………………………..             2 jogos
Jogo………………………………………………..              12 pontos
Mão …………..2 tentos 1ª e 2ª mão – 1 tento nas outras.
Mão Trucada……………………………………           3 tentos
Mão de Onze mandada e perdida……….        3 tentos
Mão de Onze adiada…………………………          1 tento

 

7- Penalidades
a) A penalização pela infração  de qualquer um dos itens deste regulamento ser feita pelos fiscais/coordenadores e acarretar em:
– advertência
– advertência e perda de tentos
– advertência e passagem do baralho adiante
– advertência e anulação da mão ou vaza através de cartão amarelo
– desclassificação da dupla através do cartão vermelho, quando for o caso.
b) A aplicação do cartão amarelo fica a critério do fiscal/coordenador.
c) Após a advertência através do cartão amarelo, a próxima infração cometida ser penalizada com o cartão vermelho. Recebendo o cartão vermelho, a dupla estar automaticamente desclassificada. O
cartão vermelho também poder ser aplicado em qualquer falta considerada grave, sem antecedência do cartão amarelo.
d) Finda a rodada, o cartão amarelo deve ser desconsiderado, não produzindo efeito na rodada seguinte.
e) A critério do coordenador o tempo do jogo poder ser cronometrado. Terminado o prazo e não havendo prosseguimento da disputa, a dupla infratora perder os pontos em disputa na mão.
f) A critério do coordenador, o corte poder ser seco.

8- Normas Gerais

a) No permitida a presença de pessoas estranhas ao campeonato no recinto em que os jogos estiverem sendo realizados.
b) proibido entrar nos locais dos jogos sem camisa.
c) Os casos omissos serão resolvidos pela organização.
d) O sócio do clube inscrito no torneio, quando tiver como parceiro um não sócio, ficará responsável  por todos os atos de seu parceiro perante as normas do regulamento do torneio e do clube.

e) Quaisquer danos instalações e/ou equipamentos do local utilizado para eventos, de inteira responsabilidade do autor, ficando o mesmo obrigado a ressarcir o clube do prejuízo causado. Ficando proibido de entrar no Clube enquanto não acertar o prejuízo com o Clube ou ao Bar do Clube.

 

 

 

Organização: Diretoria de Esportes

Leozyn e Ney

 

Confirmo ter recebido o regulamento do “2º Torneio de Truco do PTC”, me sujeitando as normas acima.

 

Participante 1 (Sócio):_____________________________________________ Cota:______

Participante 2 (Sócio):_____________________________________________ Cota:______

 

_________________________                                _________________________

Assinatura Participante 1                                          Assinatura Participante 2

Deixe uma resposta